Copyright 2019

Especialista em CARROS

Todos os direitos reservados

(47) 99193-2323

 

especialistaemcarros@hotmail.com

Atendemos Litoral Norte e

Vale do Itajaí, Santa Catarina.

Consulte para outras regiões.

WhatsApp-icone-3.png

Airbags sem mistério

01/07/2016

Não faz muito tempo que os airbags passaram a ser obrigatórios em todos os automóveis vendidos no Brasil, junto com os freios ABS. Porém muitos motoristas ainda não sabem muito bem como eles funcionam e quais os riscos e precauções que envolvem este equipamento tão importante para a segurança.

 

Para que o texto fique mais didático e dinâmico, vamos tratar do assunto com perguntas e respostas:

 

1- O que é o airbag?

Airbag, em inglês, significa bolsa de ar. Trata-se de um dispositivo pirotécnico, ou seja, que funciona a partir da explosão de um composto químico que infla a bolsa em frações de segundo. O objetivo é amortecer o impacto dos passageiros contra a estrutura do carro durante uma batida.

 

2- Quando surgiu esta tecnologia?

Os primeiros protótipos foram desenvolvidos nos anos 1940, mas os primeiros veículos de passeio equipados com airbags chegaram ao mercado nos anos 70, pela Ford e Chevrolet americanas. Na época era visto como uma alternativa aos cintos de segurança, que eram pouco usados. Na Europa e no Japão o equipamento começou a aparecer nos anos 80, e sempre foi considerado complementar ao cinto, daí a sigla SRS (Supplemental Restraint System, ou sistema de retenção suplementar) que identifica o sistema na maioria dos carros em que o airbag está presente. Os primeiros automóveis nacionais equipados com airbag foram o Fiat Tipo e o Chevrolet Vectra, em 1996.

3- Quais os tipos de airbag?

Os primeiros veículos tinham airbag apenas para o motorista. Hoje em dia o número de bolsas pode chegar a 10*, dependendo do modelo. Seguem os tipos mais comuns:

- Frontais: são os principais (e obrigatórios no Brasil desde 2014), instalados no volante e no painel à frente do passageiro, visando amortecer impactos em batidas frontais;

- Laterais: normalmente instalados nas laterais externas dos bancos dianteiros, inflando-se entre os bancos e as portas em impactos laterais;

- Cortinas: instalados nas colunas do teto, protegem a área das janelas laterais, reduzindo o risco de impactos e estilhaços de vidro na região da cabeça;

- De joelhos: protegem as pernas do motorista, cujo espaço costuma ser mais justo que o do passageiro;

- Cintos infláveis: normalmente para os passageiros dos bancos traseiros, têm efeito similar ao dos airbags frontais.

* alguns fabricantes ‘multiplicam’ o número de airbags ao contar cada bolsa que forma a cortina. Para efeito de contagem, consideramos uma cortina em cada lado do carro, independente do número de bolsas que as compõem.

 

4- Quando ele é acionado?

Muitos acreditam que o airbag deva ser acionado em qualquer batida. Não é verdade. Há condições específicas para que isso aconteça. O impacto precisa ocorrer em determinada direção e intensidade. Quando o carro tem múltiplos airbags, dependendo da situação, somente alguns deles são acionados. Ou, se a batida tiver mais de um impacto, podem ser acionados em instantes diferentes.

 

5- Como isso acontece?

O que vai determinar a abertura de cada bolsa são as informações lidas por diversos sensores e interpretadas por uma central eletrônica. O airbag é acionado através de um sinal elétrico que gera uma reação química. Esta resulta numa rápida expansão de gases que inflam a bolsa, rompendo a tampa do seu compartimento (capa do volante, painel, etc.). Logo após o impacto a bolsa esvazia, liberando espaço para as pessoas saírem. Importante ressaltar que o gás é bastante quente, em alguns casos causa queimaduras leves.

 

6- Há contraindicações?

Por ser um equipamento de acionamento abrupto, é importante tomar alguns cuidados. Leia sempre o manual do veículo para saber as recomendações do fabricante, especialmente quanto ao uso de cadeirinhas infantis.

 

7- Que outros cuidados devemos tomar?

O airbag só é eficaz se usado em conjunto com o cinto de segurança. Portanto use-o sempre, mesmo no banco traseiro. Na frente, evite sentar-se a menos de 25 cm do painel ou volante. E nunca coloque os pés sobre o painel.

Atenção ao instalar revestimento em couro em carros equipados com airbags laterais. Se não for feito da forma correta, pode prejudicar o seu funcionamento ou até aumentar o risco de ferimentos.

 

8- Curiosidades

- O airbag do motorista costuma ser em formato redondo, pois não há como prever a posição em que o volante estará durante um acidente. Já o do passageiro é retangular. O Citroën C4 é um dos únicos que tem airbag do motorista em formato retangular, consequência do seu curioso volante de cubo central fixo;

- Os airbags frontais de carros americanos costumam ser maiores que os de carros europeus;

- Os airbags mais modernos são de duplo estágio, que inflam em tamanhos diferentes dependendo da intensidade do impacto;

- Recentemente descobriu-se uma falha de produção num grande fornecedor mundial de airbags, a Takata. Alguns desses equipamentos, ao serem acionados, geram estilhaços que podem ferir os passageiros do carro. Isso culminou no que hoje é conhecido como maior recall do mundo. Verifique com o fabricante do seu carro se ele está envolvido. Caso esteja você poderá agendar a substituição gratuita do equipamento, mesmo que o carro esteja fora da garantia.

Please reload

Notícias em Destaque

Carro autônomo: você ainda vai ter um?

1/8
Please reload

Busca por Categoria
Please reload

Busca por Título
Please reload